Quais são as duvidas, que encontra, na leitura deste Blogue?

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Formação de um casal, base da família a caminho de um mundo melhor e mais justo.




Formação de um casal, base da família a caminho de um mundo melhor e mais justo.
Os quatro itens que vamos resumir, a nosso ver, são a base de sustentação de um casal:

Emancipação da mulher,
Namoro;
Sexo e energias;
Estabilidade psíquica.

Emancipação da mulher: A mulher só há poucos anos atrás, depois de muita luta, conseguiu o estatuto que tem hoje no mundo ocidental, ainda com uma evidente desigualdade no mundo religioso, onde não é nivelada com o homem. No mundo oriental fundamentalista, em largas faixas, continua a ser considerada um ser inferior, criado para servir, satisfazer o homem. Esta diferenciação de conceitos, provenientes dos credos religiosos, denotam só por si, a falta de inteligência e clarividência dos homens que se dizem iluminados por Deus ou pior ainda, na insuficiência desse Deus.
No nosso conceito são dois seres que se completam, com funções e características físicas diferentes, mas dotadas de níveis de inteligência iguais, não menos importantes, no desenvolvimento harmonioso da humanidade.

Namoro; União entre um homem e uma mulher, uma enorme faixa das sociedades em que vivemos, ainda não consegue perceber a importância do namoro, na ligação de um casal. São dois sexos opostos, e isso só por si é suficiente para que se concretize a ligação.  Não se tenta perceber se essa ligação vai dar certo ou não. Para que uma união de certo, há vários factores a conjugar, afinidades, tendências, gostos, intelectualidade, sexo e frequência vibratórias, é para isso que serve o namoro, sem uma simbiose perfeita entre um homem e uma mulher, estamos a entrar numa prisão sem grades que gera o desconforto pela vida fora.

Sexo e energias; O sexo é de primordial importância numa vida a dois, sem um bom entendimento sexual, não há estabilidade psíquica, o homem e a mulher, tem que se libertar de egoísmos, e um e outro tem de ter plena consciência, que do prazer satisfação que proporciona ao outro, depende a estabilidade da relação, é necessário quebrar rotinas, com inteligência para manter a chama acesa. Homem e mulher satisfeitos, não procuram fora o que tem em casa. No ponto anterior falamos em sexo e frequências vibratórias ou planos vibratórios, é um detalhe que se detecta no namoro, é aqui que entram os mundos de energias, se estão em planos energéticos diferentes devido as maneiras de ser pensar e agir, originando pólos diferentes, positivo e negativo, o positivo acaba por ser vampirizado pelo negativo, a relação não é plena porque advém o cansaço.  

Estabilidade psíquica; É um bem que devemos cultivar, em todas as vertentes das nossas vidas, recorrendo ao que nos dá alegria de viver, conscientes que a nossa liberdade termina, quando implica, interfere com a estabilidade e liberdade dos outros. Viver em ética e moral alegremente, extraindo da vida o máximo de prazer e alegria de viver, é cultivar energias positivas, saber viver. Considerar o sexo pejorativamente, como o prazer carnal, visando só a procriação é um absurdo, por essa ordem de ideias éramos dotados com fazes de cio, como acontece com os outros animais. A relação sexual,  entre dois seres que se entendem, aproxima, une, eleva, estabiliza emocionalmente, é uma forte alavanca na produção de energias positivas.     




1 comentário:

  1. Bom dia Joaquim,concordo plenamente com o texto acima.
    Grata.
    Abraço na alma

    ResponderEliminar